segunda-feira, 24 de maio de 2021

Eventual demolição da estação de Miramar - protesto à CP

À Administração da CP

CC. Sr. Presidente CM VNG, Assembleia Municipal VNG, Sr. Ministro Infraestruturas J Freguesia Arcozelo e media

Exmos. Senhores

Tomámos conhecimento no local que estará decidida pela CP a demolição da icónica estação de comboios de Miramar, em Gaia.

O histórico edifício do apeadeiro foi construído em 1926 segundo projecto do arquitecto Fernando Perfeito de Magalhães, tendo sido publicado em 1927 nas páginas da revista "A Arquitectura Portugueza", situação que comprova a sua importância patrimonial a nível nacional.

Nesse sentido, apresentamos o nosso protesto veemente pela pré-anunciada demolição deste edifício emblemático dos primórdios da arquitectura ferroviária, de cariz ecléctico, romântico e bem exemplificativo de toda uma época em que aquela zona se veio a desenvolver.

Não conseguimos aceitar que a CP, em vez de recuperar e dignificar o apeadeiro, opte por o demolir e substituir por uma construção nova, promovendo a destruição de um símbolo do Porto romântico balnear, que julgávamos ser importante manter e rejuvenescer, e não apagar. Tal desiderato, aliás, contraria o espírito revivalista que se vive um pouco por toda a Europa, em que se recuperam ramais, composições e apeadeiros, promovendo viagens em comboios de época, inclusivamente, e que o actual Governo tem seguido e bem.
Ou seja, queremos e cremos que os nossos Caminhos-de-Ferro se pautem pelas boas práticas internacionais e não por um regresso a décadas recentes em que se destruiu o que importava preservar.

Solicitamos, assim, um esclarecimento por parte da CP confirmando ou desmentindo esta informação, e apelamos à Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia para que intervenha nesta matéria, uma vez que este apeadeiro se encontra inscrito no inventário municipal anexo ao PDM, enquanto Elemento com Nível de Protecção Integral (artigo 35), assegurando ambos que este património não será destruído, mas antes dignificado e reabilitado como merece.

Com os melhores cumprimentos


Francisco Queiroz, Alexandre Gamelas, Carlos Machado e Moura, Nuno Gomes Oliveira, Virgílio Marques, Sérgio Braga da Cruz, Belmiro Cunha, Susana Lainho, Francisco Sousa Rio, Augusta Monteiro, Ana Alves de Sousa, Paulo Ferrero, Alba Plaza e Marisa Ferreira, Paulo Sousa Costa

....

Resposta da CP/ IP (26.5.2021)

Ao Fórum Cidadania Porto

No seguimento da vossa reclamação sobre a eventual demolição do Apeadeiro de Miramar, em Gaia, esclarecemos que no âmbito da empreitada da Renovação Integral de Via atualmente em curso, promovida pela IP enquanto gestora da infraestrutura ferroviária, não está prevista a demolição do antigo edifício de passageiros de Miramar, apenas se encontrando contemplada nos trabalhos a demolição dos abrigos de passageiros, os quais por força do alteamento de plataformas, a realizar fora da zona onde aquele edifício se localiza, com o objetivo de melhorar das condições de acessibilidade dos utentes aos comboios, terão que ser substituídos.

Mantemo-nos disponíveis para qualquer outro assunto do vosso interesse.

Com os melhores cumprimentos

Diretora do Departamento de Gestão do Cliente
Sónia Figueira
(Ao abrigo da subdelegação de competências)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obras a decorrer na Casa Maria Borges - Pedido de esclarecimento à CMP

Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal do Porto Dr. Rui Moreira CC. AMP e media Tomámos conhecimento no local que decorrem obras na...